Sistema FAPE/SENAR-DF apresenta Planejamento Estratégico 2018 a 2022

Publicado em 24 de julho de 2018

O Sistema FAPE/SENAR-DF apresentou no dia 05 de julho, o Planejamento Estratégico para o período de 2018 a 2022. A ferramenta considerada de fundamental importância para a instituição define a missão, visão, metas e diretrizes que devem ser seguidas nos próximos quatro anos.

Orientado pela consultora do Sebrae-DF, Michele Carvalho, o Planejamento foi apresentado para funcionários, colaboradores e representantes dos sindicatos e entidades parceiras. Michele avalia que o SENAR-DF é uma organização que tem poucos recursos, mas que faz muito, além de ser referência para outras regionais do Brasil. “Ao longo deste trabalho, a equipe interna me surpreendeu muito pela sua competência, empenho e vontade de fazer com que até 2022, o Sistema seja referência na formação profissional da sociedade rural do Distrito Federal”, comentou.

Para o presidente da FAPE/SENAR-DF, Fernando Ribeiro, a iniciativa foi uma construção coletiva que contou com a participação de vários parceiros estratégicos, sindicatos e funcionários do Sistema. “Apesar de sermos uma equipe enxuta, Brasília é modelo para as outras regiões, somos o segundo SENAR a desenvolver um Planejamento Estratégico. Iremos conduzir esse planejamento com novos métodos e obrigações, mantendo a qualidade do atendimento aos produtores rurais da região”, disse.

Segundo o superintendente do SENAR no DF, Everaldo Lima, o PE aproveitou o que o sistema já desenvolvia, mas que não estava organizado dentro de um plano de trabalho, aprovado pelo Conselho Administrativo. “Trabalhamos o planejamento conforme a realidade da entidade, visando o crescimento de sua capacidade operacional e financeira, focando principalmente na atuação da área de arrecadação, que é fundamental para a vida financeira institucional. Nesse sentido, criamos metas ousadas e indicadores para medir e avaliar os resultados de eficiência de economicidade e a efetividade das nossas ações de formação profissional, assistência técnica e promoção social na área rural”, explicou.

O planejamento propõe também, a criação de um Comitê Gestor, no intuito de gerenciar a atuação do trabalho em conjunto por meio de reuniões semestrais.  “Nós focamos bastante na questão da gestão estratégica, pensando nos nossos parceiros de atuação e no público-alvo para que a instituição não venha desempenhar papéis que outros parceiros já cumprem, assim, continuaremos com os acordos de cooperação para firmar mais parcerias estratégicas”, afirma Everaldo Lima.

Para a consultora, o desafio agora é o SENAR-DF continuar desenvolvendo esse trabalho, melhorando a eficiência, eficácia e efetividade, que são os indicadores de desempenho. “Alcançando esses resultados e valorizando toda a equipe de trabalho, consultores, instrutores e principalmente o público-alvo, seremos reconhecidos como a instituição que faz a diferença na vida do produtor rural e dos trabalhadores do campo”, finaliza.

 

Fonte: Ascom FAPE/SENAR-DF